Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2007

ANGÚSTIA DA INFLUÊNCIA

felliniana, freudiana, jobiniana,
kafkiana, wagneriana, mãe joana,
machadiana, hithcockiana, sartreana,
ikeda, marisa, chiquita bacana

hollywoodiana, lacaniana, bachiana,
flo, unespiana, luiz lasagna,
mozartiana, glauberiana, kantiana,
lia kerr, herr castagna


versos e anti-versos em louvor dos meus tempos na Unesp

a música do homem feliz

Num lugar tão distante quanto antigo, descobriu-se que o rei padecia de uma profunda tristeza. Os médicos reais não vacilaram no prognóstico: a melancolia monárquica só seria curada quando o rei vestisse a camisa de um homem feliz. Mas logo constataram que ninguém na cidade era feliz. Não que ali se vivesse num regime ditatorial, com sua gente falando de lado e olhando pro chão, viu?, mas os endinheirados já andavam circulando feito tristes fantasmas existencialistas, tadinhos. E os pobres urbanos, quando perguntados se eram felizes para que pudessem emprestar uma camisa para seu rei, repetiam que sua felicidade, quando vinha, era fugidia como o seu mínimo salário, nascendo aí a expressão "alegria de pobre dura pouco".
Foi, então, que a comitiva que caçava a felicidade perdida encontrou numa vereda a salvação do seu rei. Um velhinho que dava duro no carpir respondeu "sim, eu sou feliz." Os asseclas pediram ao ancião que fosse em sua casa buscar sua camisa e explicar…