Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

happy birthday to you agora é free

Após 80 anos, encerrou-se um capítulo da batalha pela posse do copyright da canção “Parabéns pra Você”. No dia 22 de setembro, um juiz federal da corte de Los Angeles considerou inválido o copyright que desde 1988 estava sob controle da companhia Warner/Chappel, que lucrava uma média de 2 milhões de dólares anuais com os royalties da famosa “Happy Birthday to You”.
Até agora, os produtores de filmes e programas de TV que queriam economizar um trocado substituíam Happy Birthday por uma canção que ninguém canta em festinha de aniversário: “Fulano é bom companheiro... [For he’s a jolly good fellow...].
O juiz declarou que o copyright, original de 1935, só vale para o arranjo de piano que está nessa partitura, mas não vale para a melodia, visto que Happy Birthday to You emprestou a melodia da canção “Good Morning to All”, que está em domínio público. Essa canção foi composta em 1875 por duas irmãs professoras primárias do Estado do Arkansas para a entrada dos seus aluninhos na escola.
As…

causa de morte de músicos em cada estilo musical

Alguém se deu o trabalho de fazer um quadro comparativo das "causa mortis" de músicos por gênero musical. De fato , trata-se de pesquisa conduzida pela professora Dianna Kenny, da Universidade de Sidney, que investiga as causas de morte precoce de músicos. 
Nesse quadro, músicos do gospel têm taxas menores de morte por câncer ou ataque do coração do que as dos músicos de blues, jazz, pop e country, mas músicos desses estilos morrem menos por assassinato do que os músicos gospel.
30% dos músicos de jazz e blues morreram por problemas cardíacos ou câncer, o que certamente foi causado pelo estilo de vida e não pela música que tocavam. Nesses estilos, há menos mortes por suicídio do que no punk (11%) e no metal (19%). Mais do que o dobro de suicídios no rock e no rap. Já no rap, as taxas de morte por câncer e problemas cardíacos é muito menor do que as taxas observadas em todos os outros estilos.
Um analista descuidado lê isso e vai recomendar a audição de uma dose diária de ra…