Pular para o conteúdo principal

o dia mais gospel dos reis do rock

Depois de estourar nas rádios com a canção BLUE SUEDE SHOES, Carl Perkins foi gravar algo novo no estúdio da Sun Records, em Memphis. O iniciante cantor Johnny Cash foi lá assisti-lo. Quem também estava chegando no estúdio era o jovem Jerry Lee Lewis, uma aposta para o fim daquele ano de 1956. Quem o levou foi o dono da Sun Records, o lendário Sam Philips. Lendário porque este era o homem que descobrira Elvis Presley um ano atrás. Aliás, no meio da tarde, Elvis passaria no estúdio só para uma visita, pois já era um astro internacional e agora gravava na poderosa gravadora RCA Victor.

Foi assim, por mera coincidência, que o dia 4 de dezembro de 1956 marcou um inédito encontro dos quatro cantores. Conversa vai, música vem, de repente os quatro estavam numa sessão improvisada de sucessos do rythm and blues, do country, do nascente rock and roll...e do gospel.

Assim que Elvis chegou com sua namorada, Perkins interrompeu a gravação. Eles começaram a papear e rir, até que Elvis foi para o piano e todos começaram a improvisar em cima de conhecidas canções gospel.

Jerry Lee Lewis revezou com Elvis Presley ao piano e juntos eles cantaram hinos como SOFTLY AND TENDERLY e THE OLD RUGGED CROSS (respectivamente, "Manso e Suave" e “Rude Cruz”, em alguns hinários evangélicos brasileiros). Eles fizeram duetos e tentavam cantar a 4 vozes (como um barbershop quartet), mas os improvisos nem sempre davam certo, então a música era interrompida e sugeria-se outra música, como PEACE IN THE VALLEY e JUST A LITTLE TALK WITH JESUS.

Relaxados, os quatro demonstram sua extrema habilidade musical e contam coisas engraçadas de sua rotina de shows e gravações. Elvis chega a fazer imitações de cantores que tentam imitá-lo, como Jackie Wilson, cantor do grupo Billy Ward Dominoes.

Assistindo aquele encontro fortuito, Sam Philips mandou chamar um repórter local, que publicou os eventos daquela tarde com a manchete THE MILLION DOLLAR QUARTET. Este artigo de jornal e mais uma foto poderiam ter sido os únicos registros daquela sessão se não fosse o engenheiro de som Jack Clement resolver gravar aquela cantoria improvisada. Mas sua intenção foi tão desinteressada que as fitas com as gravações foram abandonadas e só encontradas 25 anos depois. Em 1981,  o selo Brittish Charly, que adquirira licença sobre o catálogo da Sun Records, lançou o LP The Million Dollar Quartet, com 17 faixas, a maioria de música gospel.

Na maior parte da gravação, ouve-se principalmente as vozes de Elvis e Lewis. Talvez porque Cash e Perkins, que eram batistas, não conheciam bem todas as músicas sugeridas por Elvis e Lewis, que eram de outra igreja evangélica. Cash também não ficou todo o período e saiu no meio da tarde.

Foi um dia incomum para os quatro cantores, principalmente para Elvis, que já vivia sob a tutela controladora do seu empresário, o coronel Tom Parker, e ali, sem holofotes e cantando música religiosa, “sua voz soa natural e relaxada, sem os maneirismos típicos de seus lançamentos oficiais” (revista Rolling Stone, resenha do LP Complete Million Dollar Session, de 1987).

Aquela tarde poderia marcar o dia internacional do rock... ou do gospel.

Fonte com lista das faixas gravadas.

Confira 3 minutos da sessão histórica:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

o mito da música que transforma a água

"Música bonita gera cristais de gelo bonitos e música feia gera cristais de gelo feios". E que tal essa frase? "Palavras boas e positivas geram cristais de gelo bonitos e simétricos". O autor dessa teoria é o fotógrafo japonês Masaru Emoto (falecido em 2014). Parece difícil alguém com o ensino médio completo acreditar nisso, mas não só existe gente grande acreditando como tem gente usando essas conclusões em palestras sobre música sacra!

O experimento de Masaru Emoto consistiu em tocar várias músicas próximo a recipientes com água. Em seguida, a água foi congelada e, com um microscópio, Emoto analisou as moléculas de água. Os cristais de água que "ouviram" música clássica ficaram bonitos e simétricos, ao passo que os cristais de água que "ouviram" música pop eram feios.




Não bastasse, Emoto também testou a água falando com ela durante um mês. Ele dizia palavras amorosas e positivas para um recipiente e palavras de ódio e negativas para outro reci…

paula fernandes e os espíritos compositores

A cantora Paula Fernandes disse em um recente programa de TV que seu processo de composição é, segundo suas palavras, “altamente intuitivo, pra não dizer mediúnico”. Foi a senha para o desapontamento de alguns admiradores da cantora. 
Embora suas músicas falem de um amor casto e monogâmico, muitos fãs evangélicos já estão providenciando o tradicional "vou jogar fora no lixo" dos CDs de Paula Fernandes. Parece que a apologia do amor fiel só é bem-vinda quando dita por um conselheiro cristão.
Paula foi ao programa Show Business, de João Dória Jr., e se declarou espírita.  Falou ainda que não tem preconceito religioso, “mesmo porque Deus é um só”. Em seguida, ela disse que não compõe sozinha, que às vezes, nas letras de suas canções, ela lê “palavras que não sabe o significado”.
O que a cantora quis dizer com "palavras que não sei o significado"? Fiz uma breve varredura nas suas letras e, verificando que o nível léxico dos versos não é de nenhum poeta parnasiano, con…

A volta de Jesus em 4 músicas

Neste sábado, dia 06, mais de 20 milhões de exemplares da revista Viva com Esperança serão distribuídos pela Igreja Adventista em toda a América do Sul. Jornais de grande circulação também vão encartar as revistas e distribuí-las nesse dia: O Globo (285 mil cópias), O Estado de Minas (70 mil) , Super (MG, 145 mil), Diário Catarinense (60 mil) e Tribuna (Vitória, 72 mil).

Como “trilha sonora” para o evento, selecionei quatro músicas que expressam a esperança na segunda vinda de Jesus.


Chegou a hora – Jader Santos

Filho, vai chegou a hora
Filho, vai sem mais demora
(...)
Já preparei a casa, já preparei a mesa
Filho, Me traz de volta
Quem criei, quem perdi
E na cruz resgatei

O refrão dessa música é uma resposta ao desejo revelado no início (já ouvimos tantas vezes sobre a volta de Jesus / nosso coração anseia ver o brilho de Sua luz). Segundo a Bíblia, ninguém, a não ser o Pai, sabe quando será o dia do retorno de Cristo. O compositor imagina o Pai dizendo ao Filho que, enfim, chegou a tão aguar…