02 julho, 2007

MELHORES FILMES: CADA UM COM SUA LISTA

Recentemente, o American Film Institute anunciou sua lista de 100 melhores filmes de todos os tempos. Claro, como boa instituição americana e monoglota que é, só entraram na lista filmes que falassem a língua dos homens. Isto é, o idioma monossilábico de John Wayne ou o verborrágico de Woody Allen.

Noves fora esse pequeno detalhe característico, a lista apresenta clássicos jurássicos - Cidadão Kane, Casablanca, Cantando na Chuva - , e recentes - O Poderoso Chefão, Os Imperdoáveis, Blade Runner. Todos esses, filmes de incontestáveis qualidades.

Mas a fila anda e eis que surgem alvíssaras cinematográficas dos últimos 10 anos. Cava-se um espaço na lista para O Senhor dos Anéis, O Sexto Sentido e Titanic. Todos esses, filmes de incontestável impacto na bilheteria.

"Meu precioso", "I see dead people", "my heart will go on": essas são algumas das 'contribuições' dos filmes senhor dos anéis, 6º sentido e titanic à cultura mundial. OK, todos são assistíveis. Mas se era pra colocar filmes dos últimos 10 anos, precisava ser com um olho na catraca do cinema?

Opções de substituição havia: O show de truman, quero ser john malkovich, moulin rouge, magnolia, fargo, qualquer filme que o Clint Eastwood fez no século 21, como menina de ouro ou a conquista da honra.

Lista é tão individual quanto as digitais. Então, fazer o quê? Como there's no business like show business, os Parreiras do "cinema de resultado" devem ter votado em massa.

Nenhum comentário: