27 setembro, 2009

cem palavras: viver a vida

Não, caríssimo antinoveleiro, não vou falar das velhas peripécias noturnas globais, ou recordais, sbtais. Vou citar uma entrevista de um professor que li recentemente na Gazeta do Povo, jornal paranaense. Trata simplesmente de qual é nossa postura e atitude diante da vida.

Serei eu herói da minha própria vida?
- David Copperfield (by Charles Dickens).

Eu digo o seguinte: a maioria das pessoas é náufraga na própria vida.
– Newton Carneiro Affonso da Costa, matemático e filósofo.

Um comentário:

Kelly disse...

Muito propício...
adorei!