15 dezembro, 2006

ADEUS, SIVUCA SEVERINO


E mais um Severino se foi. Aos 76 anos, Sivuca, nascido Severino Dias de Oliveira, deixou os bailes e palcos da vida. O nordestino Sivuca, que trazia na sanfona as marcas das vidas secas e severinas, encantou o mundo com choros e baiões, misturando Bach com Pixinguinha, levando a feira de mangaio pra sala de concertos, dando o privilégio de sua albina companhia tanto à Harry Belafonte e Toots Thielemans quanto à Chico Buarque e a Orquestra Petrobrás Pró-Música.

'Adeus Maria Fulô', Adeus Severino, Adeus Sivuca.

Nenhum comentário: