22 abril, 2010

a graça do descobrimento

22 de abril não é para ser feriado mesmo. Afinal, são tantas as versões do achamento da terra em que se plantando tudo dá, e tanta gente querendo assumir o lugar do Seu Cabral como navegador-descobridor, que não vale a pena deixar o mercado vazio e parar o tráfego nas ruas. Além do mais, um feriado desse tipo nos lembraria que fomos colonizados pelas vítimas preferenciais de nossas ridículas piadas. Pior: que andávamos sem lenço e sem documento até que bravos marujos nos acharam em nosso idílio selvagem e nos deram espelhos e vimos um mundo doente. O resto é canção...

Tira do Laerte.

Nenhum comentário: