Pular para o conteúdo principal

a música mais relaxante do mundo

Ela desacelera sua respiração e reduz sua atividade cerebral. Esse é o efeito da música Weightless (tradução: sem peso), da banda inglesa Marconi Union, já considerada a "música mais relaxante do mundo". A trilha de oito minutos seria tão eficaz em induzir ao sono que os motoristas são advertidos a não ouvi-la enquanto dirigem.

Segundo o jornal Daily Mail, a banda buscou a orientação de terapeutas do som (os musicoterapeutas) para saber quais harmonias, ritmos e linhas de baixo seriam as mais eficientes. "O efeito nos ouvintes é uma desaceleração do ritmo cardíaco, redução da pressão sanguínea e diminuição dos níveis de cortisol (o hormônio do stress).

A música do Marconi Union incorpora elementos de eletrônica, ambient, jazz e dub (informações que constam no vídeo no YouTube).

Agora, relaxe. Se puder.




Cientistas fizeram testes com 40 mulheres e disseram que esta música é mais eficiente para relaxar do que Enya ou Mozart. Outro estudo, encomendado pela Radox Spa, afirma que essa música é mais relaxante do que uma massagem ou uma caminhada. 

No teste, as mulheres, conectadas a sensores, tinham que montar um quebra-cabeça em determinado tempo a fim de ser verificado o nível de stress. A música Weightless teria reduzido em 65% a taxa de ansiedade (Nota na pauta: atenção! Essa música não vai funcionar quando você, marido, deixa a toalha molhada em cima da cama. Ou esqueceu de estender a roupa num dia de sol. Oh wait... já volto!).

Lyz Cooper, fundadora da British Academy of Sound Therapy, diz que a música Weightless apresenta muitos princípios musicais que possibilitam o efeito relaxante. Seu ritmo começa com 60 beats (batidas) por minuto e gradualmente passa para 50 beats por minuto. Isso leva o batimento cardíaco a se ajustar ao andamento. O que também leva a uma queda na pressão sanguínea. 

A música não tem repetição melódica, o que, segundo Lyz Cooper, ajuda o cérebro a "desligar-se" de tentar prever o percurso da melodia. Ela também diz que os efeitos sonoros induziriam a um estado semelhante ao transe. 

Nota na Pauta: há uma boa distância entre a sugestão de um estado de transe e a predisposição pessoal de ser, ou deixar-se ser, induzido ao transe. Não subestime o poder da música, mas também não atribua à música um poder intrínseco que, na verdade, depende mais de hábitos culturais do que de elementos especificamente musicais.

A matéria do Daily Mail fez um Top Ten das músicas mais relaxantes:
1 - Weightless - Marconi Union
2 - Electra - Airstream
3 - Mellomaniac - DJ Shah
4 - Watermark - Enya (pra variar)
5 - Strawberry Swing - Coldplay (eles vão gostar de saber que são inofensivos?)
6 - Please Don't Go - Barcelona
7 - Pure Shores - All Saints
8 - Someone Like You - Adele (o que está na moda também relaxa)
9 - Canzonetta Sull'aria - Mozart (o menino Amadeus serve para tudo, não?)
10 - We Can Fly - Cafe del Mar

Aqui, a matéria completa (em inglês).

Comentários

Alessandra disse…
não consegui relaxar, ohhh música mais irritante. Ainda fico com Arautos do Rei - instrumental, para tal objetivo. rsrsrs
Luciana disse…
Nossa, não posso ler o post, tenho que ficar ACORDADA kkkkkkk Mas vou testar colocar em looping pra meus filhos de madrugada, hehehe
Abraço!
lenner disse…
http://www.youtube.com/watch?v=xVDWhEZoBng

essa do skipless eh desse nivel,eh considerada tambem um dos lounges mais relaxing do mundo...
Anna Lídia Leal disse…
O link da música foi desativado. Não consegui ouvir...
joêzer disse…
anna lídia, obrigado por me avisar. mudei o link do vídeo.

Postagens mais visitadas deste blog

paula fernandes e os espíritos compositores

A cantora Paula Fernandes disse em um recente programa de TV que seu processo de composição é, segundo suas palavras, “altamente intuitivo, pra não dizer mediúnico”. Foi a senha para o desapontamento de alguns admiradores da cantora. 
Embora suas músicas falem de um amor casto e monogâmico, muitos fãs evangélicos já estão providenciando o tradicional "vou jogar fora no lixo" dos CDs de Paula Fernandes. Parece que a apologia do amor fiel só é bem-vinda quando dita por um conselheiro cristão.
Paula foi ao programa Show Business, de João Dória Jr., e se declarou espírita.  Falou ainda que não tem preconceito religioso, “mesmo porque Deus é um só”. Em seguida, ela disse que não compõe sozinha, que às vezes, nas letras de suas canções, ela lê “palavras que não sabe o significado”.
O que a cantora quis dizer com "palavras que não sei o significado"? Fiz uma breve varredura nas suas letras e, verificando que o nível léxico dos versos não é de nenhum poeta parnasiano, con…

um grito no escuro, três preconceitos claros

Que impressão você tem das igrejas cristãs? Sua impressão procede de estudos de casos, envolvimento pessoal ou se baseia em ideias preconcebidas e/ou inflexíveis sobre determinadas igrejas?
Em 1980, Michael e Lindy Chamberlain acampavam com a família numa região turística na Austrália. Numa noite, a mãe viu seu bebê de nove semanas ser levado por um dingo para fora da barraca. Muitas pessoas saíram para procurar o bebê, mas ninguém o encontrou.
Após um primeiro período de compaixão da comunidade pelo sofrimento do casal Chamberlain, vários boatos maliciosos começaram a circular nas ruas e na mídia. A mãe, então, foi acusada de matar a própria filha – ou numa explosão de depressão pós-parto ou num suposto ritual religioso adventista. A cobertura jornalística sensacionalista e o preconceito religioso se misturaram a motivações políticas locais e, num julgamento sem provas conclusivas que tomou proporções inéditas no país, Lindy Chamberlain foi condenada à prisão perpétua.
Em 15 de setem…

avatar e a espiritualização da natureza

O filme mais caro da história. A segunda maior bilheteria de todos os tempos. Marco tecnológico. De todos os ângulos, Avatar é um superlativo.

Mas o que tanto atraiu a atenção das pessoas?

A história? Duvido. Vejamos num resumo: um soldado semi-inválido e cansado de combates acaba indo para um mundo distante e lá ele descobre a harmonia de um povo em contato com a natureza, se apaixona por uma nativa e enfrenta preconceitos e tensão bélica. Isso faz de Avatar uma versão em 3-D de Dança com Lobos, como estão dizendo.

Para o crítico Renato Silveira, Avatar é “a vanguarda da tecnologia oposta ao lugar-comum de um modelo narrativo típico de filmes de fantasia”. Assim, todo mundo sabe de antemão que o herói ficará encantado com uma nova cultura pura, encontrará um amor puro, uma forma de vida pura em contraste com a ganância dos terráqueos e com o vilão que ele mesmo terá que enfrentar. O enredo é, digamos, puro lugar-comum.

O que não é comum é a inovação tecnológica desenvolvida para esse…