26 janeiro, 2010

o sensacionalismo nosso de cada manchete

Quando algo de extraordinário acontece é porque sempre há um editor de manchetes por perto. Todo ano, milhares de pessoas morrem por obra de motoristas bêbados, mas a manchete mais destacada será para o motorista que ocupa um posto público ou para quem é celebridade. O anônimo terá que estar envolvido em acidente gravíssimo, logo, extraordinário, para ser manchete. Dessa forma, ele se torna um anônimo que virou exceção.

Milhares de pessoas assistiram ao filme Avatar e voltaram para casa, jantaram, dormiram e foram trabalhar nas manhãs seguintes, talvez comentando com um e com outro sobre os efeitos visuais do filme mais espetacular de todos os tempos da semana.

Mas, eis que, como demorou tanto?, o noticiário avisa: Homem morre depois de assistir Avatar em 3-D. O caso, acontecido na China, é triste e trágico para o homem e para a família, acreditamos. De outro lado, sites (eu soube pelo Yahoo! Notícias), blogs, jornais, revistas se fartarão de leitores que se espantarão com o fato. Os mais precipitados julgarão o feito técnico do diretor-produtor James Cameron como um caso típico de assassinato culposo. O Extra! Extra! correrá o globo. Mas esse corre-corre não passa de lero-lero.

Continue lendo

5 comentários:

Evanildo Júnior disse...

esse sensacionalismo dá nojo e irrita, muito!

Anônimo disse...

Sensacionalismo é a ditadura das sensações. Das sensações de busca pela satisfação, apego à especulação, uma paixão desmedida e quase esotérica pelo desconhecido, ou semi-conhecido...
Realmente é campo fértil para muitos com mentalidade de escritor de livro estilo Ágatha Christie, Sherlock Homes...no campo cristão-adventista isso impede muita influência sadia de se desenvolver plenamente...


Evanildo Ferreira de Carvalho

joêzer disse...

puxa, evanildo,
logo a Agatha Christie e o Conan Doyle. rsrs

Viviane Mila Rocha disse...

Rsrsrsrsrs... Adorei o Agatha Christie e o Arthur Conan Doyle, Joêzer. O seu tato é tocante!

Só vou tentar mais uma vez abrir o link do "continue lendo" pra tentar entender o porquê de o sensacionalismo nosso de cada manchete ser sensacional. Tô completamente por fora das fofocas do mundo.

joêzer disse...

vivi, o link do site Outra Leitura está com outro título lá: o leitor de manchetes