07 janeiro, 2011

o leão de Nárnia é cristão?

Em entrevista ao Hollywood Reporter, Mark Johnson, produtor do filme A Viagem do Peregrino da Alvorada, disse que não sabe “se esses livros [As Crônicas de Nárnia] são cristãos”. 

Mark Moring, no site Christianity Today, questiona esse desconhecimento. Leia a tradução da matéria de Moring a seguir: 

Provavelmente, em nome do politicamente correto - e tentando evitar que o filme seja rotulado como um "filme cristão" - um dos principais produtores diz que não sabe se As Crônicas de Nárnia, de C. S. Lewis, são livros cristãos. Isso é espantoso.

A frase completa de Johnson inclui uma referência à cena em que Aslan claramente morre e ressuscita como Cristo no primeiro livro e filme, O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa: “Ressurreição existe em tantas religiões diferentes, de uma forma ou outra, de modo é quase exclusivamente cristã. Não queremos favorecer um grupo em relação a outro ... se esses livros são cristãos, eu não sei”.

Ainda mais espantoso é que as palavras de Johnson vêm apenas alguns dias após Liam Neeson, o ator que dá voz a Aslan, negar que seu personagem, isoladamente, representa Cristo. Neeson disse que Aslan "para mim, também simboliza Maomé, Buda e todos os grandes líderes espirituais e profetas ao longo dos séculos".

Os fãs ao redor do mundo manifestaram sua consternação com o comentário desde então. Um deles perguntou: “Como é que as pessoas encarregadas de fazer um filme realmente não sabem sobre o que o filme é?”

Enquanto isso, o NarniaFaith.com tem divulgado o filme para igrejas e líderes cristãos, em um esforço conjunto entre a Fox, Walden Media e Grace Hill Media. Na seção sobre ilustrações de sermões, o evangelista Luis Palau disse que O Peregrino da Alvorada é "uma história poderosa" sobre "a descoberta de riscos, surpresas e revelações da vida com Jesus Cristo." Palau se referiu a Aslan como “a representação de Cristo por Lewis”.

Outro pastor, Ken Foreman, refere-se à história e ao filme como “uma analogia maravilhosa sobre o nosso crescimento espiritual como cristãos” e que o nome Aslan “em nosso mundo é Jesus”.

O próprio C.S. Lewis escreveu: “Toda a história de Nárnia é sobre Cristo”. Lewis retratou Jesus como um leão em parte porque ele é chamado de “O Leão de Judá” na Bíblia.

Assim, por um lado, aqueles por trás do filme não demonstraram embaraço em associar seu produto com Jesus e o cristianismo, como evidencia o site NarniaFaith. Por outro lado, os recentes comentários de Neeson e Johnson passam uma impressão bem diferente.

Eu não estou dizendo que Neeson e Johnson são obrigados a gritar de cima dos telhados que Nárnia é uma alegoria cristã. Contudo, dizer coisas que essencialmente negam esse fato parece ser uma estratégia tola, pois ofende os cristãos que amam esses livros há décadas e confunde todo mundo.

4 comentários:

William Roger disse...

Na minha opnião o grande rei aslan é sim cristão, pois representa a morte e ressucitação de cristo ,pagando o pecado dos outros com seu própio sacrifício ,no primeiro filme/livro .

Thiago Jerohan disse...

É fato que Aslam não representa qualquer grande líder religioso. Nenhum grande líder morreu injustamente em lugar de alguém que não merecia e veio a ressucitar. E quem tem um conhecimento teológico básico do cristianismo percebeu desde o primeiro filme da série, e nos seguintes, a história do cristianismo e uma aplicação em forma de fábula do cristianismo em nosso tempo.

joêzer disse...

parece brincadeira, não é, thiago? até o Forrest Gump saberia quem está representado pela figura do leão Aslan.

cristoffer disse...

E sendo uma apologia a Cristo,é certo assistir a esse filme?