30 agosto, 2009

um mês de música

No sábado à noite, dia 29, assisti a Camerata Antiqua de Curitiba tocando obras sacras de Mozart e durante quase uma hora acreditei que a música sacra erudita é um modelo insuperável. Numa apresentação irretocável, coro, orquestra de câmara e instrumentistas convidados atestaram a beleza (alegre e reverente?) da Missa Breve KV 258, composta por um Mozart de vinte anos. O Brasil imperial tinha um epígono mozartiano: o padre José Maurício Nunes Garcia, de quem a Camerata apresentou uma pequena antífona sacra composta - olha aí, ô Amadeus -, no vigor de sua adolescência, aos 16 anos.

Se, assim como eu, você é um só professor-de-marré-de-si e não foi ao concerto da Sinfônica de Israel – ingressos a R$ 400 e tantos; se você, como este web-escriba, acha que o show de Aline Barros não vale o preço que estão cobrando – R$ 600 reais o camarote para 10 pessoas; se você é daqueles que acreditam que “boa romaria faz quem em sua casa fica em paz”, então tenho o programa quase ideal para você: o imperdível site www.medici.tv.

Até 30 de setembro, estarão disponíveis e inteiramente gratuitas as apresentações do Verbier Festival. Indico especialmente os concertos do pianista Evgeny Kissin com o violinista Joshua Bell, as apresentações da fantástica pianista Martha Argerich, Kurt Masur regendo obras de Mendelssohn (atenção para o concerto para piano e orquestra nº 1 com a incrível e jovem pianista Yuja Wang). E claro que não é só isso!

O quase ideal fica por conta da qualidade de sua internet, pois o site disponibiliza os concertos no formato streaming e pode ser que haja alguns problemas de interrupção na transmissão. Então, que a força da banda larga esteja com você!

Como aperitivo, audioveja o scherzo do Quinteto op. 57 de Shostakovich, com Martha Argerich (piano), Mischa Maisky (cello), Joshua Bell e Henning Kraggerud (violinos), Yuri Bashmet (viola) interpretado no Verbier Festival de 2008:


4 comentários:

André disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
claudinei disse...

Em Curitiba, o grupo Positivo de educação e computadores anda investindo seu rico dinheirinho no Teatro Positivo, onde os concertos são para a elite curitibana.
o teatro Guaíra oferece preços mais populares, mas em compensação, não é a sinfônica de Israel.
com esses preços, meu e-mule não pára quieto.rsrs

joêzer disse...

claudinei,
o programa conservadoríssimo da sinfônica de israel, com trechos da ópera 'carmen', não valeria nem 40 nem 400 reais.
mas a plateia que foi estava pagando caro para não ser importunada por novidades de repertório ou de interpretação.

Anônimo disse...

[url=http://kaufencialisgenerikade.com/]cialis generika[/url] kaufen cialis
[url=http://acquistocialisgenericoit.com/]cialis generico[/url] cialis generico
[url=http://comprarcialisgenericoes.com/]cialis 20 mg[/url] comprar cialis madrid
[url=http://achatcialisgeneriquefr.com/]cialis acheter[/url] cialis